Televendas
24 2291-9190 | 24 2291-9171

Viver bem com alimentos orgânicos

por Nara Corona

Alecrim orgânico do Sítio do Moinho - Artigo da nutricionista Nara Corona

Com um perfume apaixonante, essa erva aromática salva qualquer prato preparado com ela, basta um pequeno ramo e o aroma toma conta da cozinha!

Seu óleo tem atividade antioxidante poderosa (atribuída ao ácido carnosoico e cafeico presentes no alecrim), ajudando até mesmo a preservar alimentos, evitando que estraguem rapidamente. Outro efeito protetor fundamental, segundo estudos publicados,  é a proteção ao nosso organismo contra doenças como o câncer.

O alecrim também ajuda o funcionamento hepático, participando da destoxificação. Seu papel é muito expressivo, devendo ser usado sempre que possível para uma “limpeza” efetiva do fígado.

Essa erva tem uma característica muito útil, ela consegue neutralizar os metais pesados quando associada a eles. Ilustrando melhor: os peixes que vivem na costa brasileira por exemplo estão contaminados pelo meio poluído em que vivem, seu habitat natural. Os peixes predadores são duplamente contaminados, pois se alimentam de peixes menores que também possuem níveis altos de alumínio e chumbo no organismo. Então na hora de preparar seu prato a base de pescados, lembre do alecrim, capriche na quantidade,  e pode ter certeza de que você vai fazer bem ao seu paladar e ao seu corpo!

“Manteiga” de óleo de côco com alecrim

Ingredientes:

  • 1 xícara óleo de côco
  • 1 molho de alecrim

Modo de preparo:

  1. Lavar bem o alecrim e retirar as folhas do galho
  2. Misturar o óleo de côco com o alecrim dentro da xícara
  3. Acrescentar um pouquinho de sal
  4. Colocar em potinhos pequenos (ou em uma forma de cudo de gelo) e deixar refrigerando durante um dia inteiro
  5. No dia seguinte, retirar 1 cubo da forma e passar na torradinha do café da manhã

 

Referências Bibliográficas:

tert-Butyl hydroperoxide-induced injury in isolated rat hepatocytes: amodel for studying anti-hepatotoxic crude drugs.
JOYEUX, M.; ROLLAND, A.; FLEURENTIN, J.; et al.
Planta Med; 56(2):171-4, 1990.

Pharmacology of rosemary (Rosmarinus officinalisLinn.) and its therapeutic potentials.
AL-SEREITI, M.R.; ABU-AMER, K.M.; SEN, P.
Indian J Exp Biol; 37(2):124-30, 1999.

Growth and photosynthesis responses of Rosmarinus officinalis L. to heavy metals at Bougrine mine
Myriam MAJERI GAIDA, Neila RASSAA LANDOULSI, Mohamed Néjib REJEBand Samira SMITI
African Journal of Biotechnology Vol. 12(2), pp. 150-161, 9 January, 2013 Available online at http://www.academicjournals.org/AJB
DOI: 10.5897/AJB11.2802 ISSN 1684–5315 ©2013 Academic Journals

Recomendamos para você:

Quer saber mais sobre o Sítio?

Receba nossas novidades

Nome:

E-mail: